quarta-feira, 22 de maio de 2013

Sociologia


1)Tipos de processo social
ASSOCIATIVOS (Cooperação, Acomodação e Assimilação)
  • Cooperação - É um tipo de processo social caracterizado pela atuação de um ou mais indivíduos atuam juntos visando uma finalidade comum. 
  •  Exemplo : mutirões para a construção de casas populares.
  •  Exemplo: o médico e o lavrador – o médico não pode viver sem o alimento produzido pelo lavrador, e este necessita do medico quando fica doente.
  • Acomodação-É um processo social com o objetivo de diminuir o conflito entre indivíduos ou grupos, reduzindo o mesmo e encontrando um novo modus vivendi. O modus vivendi é uma espécie de arranjo temporário, que possibilita a convivência entre elementos e grupos antagônicos. Segundo Oliveira (2201) A acomodação é o processo social em que o indivíduo ou o grupo se ajusta a uma situação de conflito, sem que ocorram transformações internas, trata-se, portanto, de uma solução superficial com alcance menor que a assimilação.
  • Exemplos de acomodação. Imigrantes recém chegados, diplomacia, pactos pós  guerra, relação entre grupos religiosos,etc..
  • Assimilação – Bastante associado a idéia de integração sócio-cultural , esse tipo de processo social ocorre quando um indivíduo ou grupo aceita e adquire padrões culturais (costumes, tradição comportamento) de outro indivíduo ou grupo distinto. Segundo Oliveira(2001) trata-se de um processo de ajustamento, pelo qual os indivíduos ou grupos diferentes tornam-se semelhantes. Difere da acomodação, porque implica em transformações internas nos indivíduos ou grupo. Tais modificações envolvem mudanças na maneira de pensar, de sentir e agir.
  • Exemplo, índios catequizados

DISSOCIATIVOS (Competição e Conflito)
  • Competição – Alguns sociólogos afirmam que a competição é a forma mais elementar e universal de interação, consistindo em uma luta disputa incessante por coisas concretas.Alguns acrescentam que trata-se de uma contenda contínua, inconsciente e impessoal.
  • Exemplo. Ações relacionadas a obtenção de êxito na vida econômica, na posição social, nos esportes, nas atividades profissionais.
  • Conflito – Ocorre quando a competição assume características de elevada tensão social. No processo de conflito a luta torna-se pessoal e hostil, já que cada um dos envolvidos tem consciência de que para alcançar os próprios objetivos é necessário fazer com que o adversário não alcance o seu. O conflito é uma contenda de indivíduos ou grupos, em que cada qual dos contendores almeja uma solução que exclui a desejada pelo adversário.
  • Exemplo. guerra, revoltas, rebeliões
 Portanto o processo de socialização se encontra relacionado aos processos sociais tanto associativos (cooperação e acomodação) quanto dissociativos (competição e conflito), os quais possibilitam construir um elo de ligação entre o indivíduo e a sociedade.


2)O conceito de integração tem sido usado em três sentidos:

        A palavra integração é muitas vezes utilizada como sinônimo de coesão, unidade, equilíbrio, ajustamento e harmonia. Mas não é sinônimo de homogeneidade na sociedade e na cultura,  que a diferenciação é uma qualidade essencial das relações sociais. A integração social não apaga as diferenças; antes as coordena e orienta. A relatividade e a mutabilidade do sistema social e cultural levam a que a integração seja um processo sempre em curso e a que mesmo o seu produto nunca esteja acabado. 
Quanto ao modo como a integração social se efetua e se mantém, grande parte dos sociólogos tem estado de acordo quanto aos seguintes fatores: 
consenso acerca de um corpo de valores (o que não implica acordo total acerca do modo como esses valores se refletem em normas concretas); 
cooperação voluntária e associação em funções (o que inclui interdependência na divisão do trabalho); participação múltipla dos indivíduos em diferentes grupos.
A análise dos processos de integração tem interesse, nomeadamente, para determinar o número de níveis de integração hierarquicamente graduados que se encontram nas sociedades sujeitas a uma análise estrutural: se diferentes sociedades têm o mesmo número de níveis terão certamente outras semelhanças estruturais.
Portanto considerando a discussão sociológica sobre o conceito de integração, concluímos  que, o que  pode levar à integração de um grupo é a aceitação quase irrestrita das regras do grupo.



3)O termo cidadania é explicado pelo seguinte conceito: É a condição de um indivíduo como membro de um Estado e portador de direitos e de obrigações.   Além do sentido sociológico, a cidadania tem um sentido político, que expressa a igualdade perante a lei, conquistada pelas grandes revoluções (inglesa, francesa e americana), e posteriormente reconhecida no mundo inteiro.
A cidadania é originalmente um direito burguês. Contudo, quando reivindicada como soma de direitos fundamentais do indivíduo, estes se tornam neutros quanto a seus beneficiários presentes e potenciais.
Vista como processo histórico gradual, a extensão da cidadania é (1) a transformação da estrutura social pré-moderna no quadro da economia capitalista e do estado nacional moderno e (2) o reconhecimento e a universalização de toda uma série de novos direitos que, em parte, são indispensáveis ao funcionamento da economia capitalista moderna e, em parte, são resultado concreto do conflito político dentro de cada país. Portanto, trata-se de um conceito ao mesmo tempo jurídico, sociológico e político: descreve a consagração formal de certos direitos, o processo político de sua obtenção e a criação das condições socioeconômicas que lhe dão efetividade.


4) O socialismo se baseia no desejo de justiça e de liberdade, de forma inclusiva. No sistema socialista o controle é realizado pelo estado administrando e distribuindo bens e é caracterizado pela igualdade para todos os cidadãos. Muitos socialistas criticam o capitalismo, pois concentram injustamente a riqueza e o poder nas mãos de poucos que controlam a sociedade. Os socialistas defendem a ideia da nacionalização completa dos meios de produção, ou seja, distribuição e troca juntamente com o controle estatal do capital com uma economia de mercado. O socialismo é ainda adotado por alguns países, como Cuba, o qual levando em consideração a sua prática, o país se torna fechado e o povo não possui direito a democracia, e diferentemente do que se esperava, os cidadãos não possuem qualidade de vida e nem dignidade. Desta forma, com o socialismo quem mais se beneficia é o governo e sua cúpula.
Portanto o Socialismo tem como base a socialização dos meios de produção; tem como objetivo principal o bem comum a todos e A extinção da sociedade dividida em classes.

 5)O capitalismo é um sistema em que os meios de produção pertencem a uma propriedade privada no qual um único sistema define a maioria, o controle de produção, propaganda e venda do produto está em poder dos donos do sistema. O estabelecimento do domínio parcial ou total de todos os meios de produção, independente do seguimento são produzidos por iniciativa particular no sistema capitalista. O objetivo do capitalismo é acumular capital (lucro) proveniente do trabalho do proletariado. O sistema também tem como característica a divisão da sociedade em classes sociais, de um lado encontra-se uma minoria, são os verdadeiros “capitalistas” e de outro lado os trabalhadores que vendem seu trabalho em troca de um salário, na maioria das vezes, mensal. 
Portanto o Capitalismo tem como objetivo principal a acumulação de capital através do lucro; O estabelecimento do domínio parcial ou total de todos os meios de produção por iniciativa particular e o controle do mercado é realizado pela livre competição e concorrência;
Para saber mais sobre capitalismo e socialismo confira o vídeo: Qual a diferença entre Socialismo e Capitalismo?



6) Uma característica econômica  do  processo de globalização vigente no sistema capitalista, sobretudo a partir da década de 1980, é a redução da intervenção estatal

A globalização é resultado de mutações estruturais no movimento secular de internacionalização. Por isso é forma nova da evolução capitalista e não apenas uma outra fase da internacionalização. Segundo BRAGA (2001), o fato do capitalismo ter sido sempre mundial no sentido da interconexão das economias relevantes, através do fluxo de mercadorias, capital e serviços, não deve conduzir ao equívoco de que a globalização é um fenômeno antigo. Antiga é a internacionalização dos mercados domésticos mesmo quando ocorriam industrializações nacionais comandadas a partir do Estado.
O mercado globalizado é um mercado desregulamentado, sobre o qual os Estados possuem cada vez menos controle. Conforme KAUFMANN (1999), é um mercado privatizado, com tudo aquilo que implica na transferência das decisões tocantes aos setores de primeira necessidade. 
No plano político, o maior desafio refere-se a perda de autonomia do estado nacional. Uma vez que a globalização conduziu a uma concentração significativa do poder econômico, decorrente do poder de decisão. Este poder de decisão, concentra-se nas mãos de um pequeno grupo de grandes empresas transnacionais, e instituições econômicas mundiais. Deixando reinar a lei do mercado e querendo se opor a toda intervenção estatal em matéria econômica. 

7) Uma tendência do  processo de globalização vigente no sistema capitalista, sobretudo a partir da década de 1980,  é  a padronização de culturas.
O avanço tecnológico, a interligação e a interdependência dos mercados financeiros em escala mundial encurtaram as distâncias, unificaram e baratearam a informação e estão promovendo a padronização da cultura e do comportamento por meio de tevês a cabo, filmes, livros, fluxos migratórios e, mais recentemente, da internet.
O movimento da globalização tende a criar uma cultura de consumo padronizada por meio de uma estratégia mundialmente unificada de marketing, destinada a uniformizar a imagem dos  produtos aos olhos dos consumidores.
Sob certos aspectos, o mundo está se tornando uma "aldeia global". Empresas gigantescas estão atravessando as fronteiras nacionais e se instalando em vários países; o avanço tecnológico na área da informática e das telecomunicações tem permitido a agilidade nas transações comerciais e no intercâmbio de informações; a abertura dos mercados nacionais às importações, favorecida por baixas tarifas alfandegárias, deu um grande impulso ao fluxo de mercadorias, fazendo explodir o comércio mundial.

Atividades


I – Marque apenas  uma alternativa.

1) O processo de socialização se encontra relacionado:
A(     ) ao processo histórico de construção das desigualdades sociais, o qual aponta para problemas, como a exclusão (social, econômica e política) e a concentração (de poder e de renda).
B(     ) ao processo, por meio do qual, um indivíduo se transforma num membro participante da sociedade através de controles rígidos para que possa ser aceito.
C(    ) aos processos sociais tanto associativos (cooperação e acomodação) quanto dissociativos (competição e conflito), os quais possibilitam construir um elo de ligação entre o indivíduo e a sociedade.
D(     ) às diferentes possibilidades oferecidas pela educação formal, através da apropriação do conhecimento sistematizado, que permitem ao indivíduo se perceber como integrante da sociedade vive

2)Considerando a discussão sociológica sobre o conceito de integração, pergunta-se: o que pode levar à integração de um grupo?
A(   ) O fato de que todos têm a mesma nacionalidade.
B(   ) A aceitação quase irrestrita das regras do grupo.
C(    ) A submissão às lideranças políticas.
D(    ) A ausência da anomia.

3)O termo cidadania é explicado pelo seguinte conceito:
A(    ) Exprime a afirmação de um indivíduo diante da sociedade e do Estado.
B(     ) É a condição de um indivíduo como membro de um Estado e portador de direitos e de obrigações.
C(     ) Encerra uma ação recíproca de ideias, atos ou sentimentos entre indivíduos, entre grupo, ou entre ambos.
D(   ) Expressa maneiras de agir, sentir e pensar, próprias de um grupo, da sociedade ou da civilização a que um indivíduo pertence.

4) NÃO diz respeito ao Socialismo?
A(    ) tem como base a socialização dos meios de produção;
B(     ) visa a acumulação de capital através do lucro;
C(     ) )tem como objetivo principal o bem comum a todos;
D(     )A extinção da sociedade dividida em classes.

 5)NÃO é  característica do Capitalismo?
A(    ) tem como base a socialização dos meios de produção;
B (    ) tem como objetivo principal a acumulação de capital através do lucro;
C(     ) O estabelecimento do domínio parcial ou total de todos os meios de produção por iniciativa particular;
D(    ) O controle do mercado é realizado pela livre competição e concorrência;

6) Uma característica econômica e uma tendência do  processo de globalização vigente no sistema capitalista, sobretudo a partir da década de 1980, respectivamente, são:
A (   ) estatização das empresas - homogeneização do consumo.
B (   ) redução da intervenção estatal - padronização de culturas.
C (    ) internacionalização dos processos de produção - diminuição da exclusão social.
D (    ) segmentação dos investimentos internacionais - diversificação dos modelos educacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário